Quem somos

Com o objetivo de oferecer oportunidades de educação para jovens e adultos de comunidades carentes, a Cidadão Pró-Mundo tem como missão promover oportunidades de inserção e integração social no Brasil, por meio do ensino de inglês. Em função de sua estrutura administrativa, operacional e de governança altamente organizadas, nos moldes dos modelos corporativos mais modernos, a Cidadão Pró-Mundo é reconhecida como uma das 100 Melhores ONGs do Brasil e considerada a maior e mais bem estruturada ONG de ensino de inglês do país. 

foto_TC.PNG

Após mais de 20 anos de atuação e contando com uma metodologia inovadora de voluntariado e ensino, atualmente a CPM conta com cerca de 1.400 voluntários, entre professores e equipe administrativa, além de uma equipe contratada dedicada às áreas estratégicas da ONG (Comunicação, Financeiro,  Operações e Pedagógico), todos mobilizados para atender a seus mais de 2.500 beneficiários: alunos que assistem ao curso de inglês presencialmente em uma de nossas 12 Unidades de Ensino.

(Importante: em virtude da situação de pandemia que estamos vivendo, o curso de inglês da Cidadão Pró-Mundo foi oferecido de forma remota durante o 2º semestre de 2020 e continuará sendo totalmente online durante o 1º semestre de 2021.)

Compreendendo a importância do aprendizado de uma segunda língua como ferramenta de promoção da cidadania, a Cidadão Pró-Mundo acredita que o inglês é uma ferramenta de expansão das perspectivas da população, na medida em que promove o protagonismo dos cidadãos e, consequentemente, a transformação da sociedade, tarefa para a qual conta com a força de seus voluntários e parceiros engajados em relação aos valores da ONG:

Bright Eyes Somos entusiastas e pensamos grande. O brilho que carregamos nos olhos é reflexo da certeza que temos de que somos capazes de transformar a realidade e inspirar muitas pessoas.

Exchange Acreditamos que a relação entre voluntários e estudantes é uma grande troca experiências, em que todos recebem e doam, aprendem e ensinam, continuamente.

Ownership Somos todos responsáveis por tornar realidade o sonho de fazer do Brasil um país mais igualitário. Cada um de nós, e todos nós, trabalhamos para transformar a realidade e assumimos a responsabilidade de ajudar a criar os resultados que queremos ver na nossa sociedade.

Empowerment Buscamos desenvolver a autoestima e o autoconhecimento de todos os que fazem parte da Cidadão Pró-Mundo, conscientizando voluntários e estudantes do poder que têm para a transformação do outro e de si próprio.

História

O ano era 1997, quando um amigo estrangeiro de Marcos Fernandes, fundador da Cidadão Pró-Mundo, visitou a
comunidade do Capão Redondo. Vendo os jovens da região tentando se comunicar mesmo sem falar a língua do visitante,
surgiu a ideia de oferecer aulas de inglês gratuitas para moradores de áreas de periferia e pessoas em situação de vulnerabilidade.
Ao longo dos últimos 20 anos de história e atuação, temos orgulho de ter atendido cerca de 10 mil alunos, com a ajuda de 4 mil
voluntários, consolidando e expandindo nosso modelo de atuação, graças ao apelo da causa que defendemos.

1997

Fundação da Cidadão Pró-Mundo

Primeiro contato de Marcos Fernandes, fundador da ONG, com a comunidade do Capão Redondo, em São Paulo, por intermédio da organização internacional Ashoka. Os voluntários começaram a ministrar aulas de inglês na casa dos estudantes.


1999

Unidade de Ensino Capão Redondo

As aulas passaram a acontecer no espaço cedido pelo Centro Comunitário Mãe Admirável.

Parceria Yázigi

Início da parceria com a escola de idiomas para fornecimento de material didático e utilização de metodologia de ensino.


2006

Unidade de Ensino Real Parque

Expansão para a zona sul de São Paulo, em parceria com o Projeto Casulo.


2010

Unidade de Ensino João XXIII/Butantã

Fundada a Unidade João XXIII/ Butantã, em agosto de 2010.

Unidade de Ensino Monte Azul

Criada em parceria com a Associação Comunitária Monte Azul, localizada na zona sul de São Paulo.


2011

Unidade de Ensino Tabajaras

Primeira Unidade fora de São Paulo, localizada na zona sul do Rio de Janeiro.


2012

Unidade de Ensino Parque dos Estados/Bragança Paulista-SP

1ª Unidade de Ensino da CPM fora de capitais.

Unidade de Ensino Diadema

Criada em parceria com o Instituto Lira de Inclusão Social.


2012

1º Planejamento Estratégico

Desenvolvimento de um plano estratégico para a CPM.

Parceria com a Cambridge University Press

Fim da parceria de fornecimento de material didático com o Yázigi e início da parceria com a maior editora de material didático para ensino da língua inglesa no mundo.


2013

Profissionalização

Contratação da 1ª funcionária da CPM. Até então, todas as atividades da ONG eram gerenciadas por voluntários.


2014

Unidade de Ensino Campinas

Criada em parceria com o Projeto Primavera.

Profissionalização

Contratação da 2ª funcionária da ONG, o que deu início à estrutura matricial Central/Unidades de Ensino.

Início do Programa de Trainee Social

Concebido visando a formação de novos líderes para a ONG.


2015

Unidade de Ensino São Miguel

A Unidade inicia suas atividades para atender às comunidades da zona leste da cidade de São Paulo.

Unidade de Ensino Corcovado

Criada a 2ª Unidade na cidade do Rio de Janeiro.

Profissionalização

Contratação do 3º e 4º funcionários da equipe da CPM.


2016

Unidade de Ensino Consolação

Inaugurada na região central de São Paulo.

Unidade LeasePlan

Projeto piloto (in-company) para atender a comunidade de Barueri, as aulas aconteciam nas instalações da empresa LeasePlan e eram ministradas pelos funcionários da companhia.

1,5 mil estudantes

A CPM atingiu a meta de atender a 1,5mil estudantes, prevista para 2017, 1 ano antes do prazo planejado.


2017

Início do CPM Qualify

Projeto inovador que oferece formação em língua inglesa para que os alunos que tenham concluído o curso regular de inglês possam realizar a prova de certificação internacional de proficiência da Universidade de Cambridge.

Projeto CPM Talents

Criação de um banco de dados contendo o perfil completo de todos os estudantes da CPM, o que serve como base para a promoção de oportunidades de emprego e geração de renda para os alunos.


2017

20 Anos

Comemoração dos 20 anos de criação e atuação da CPM.

Nova Marca CPM

Desenvolvimento de nova identidade visual para a ONG.


2018

Unidade Tatuapé/CitiEsperança

Criada em parceria com a Associação CitiEsperança.

Novo Site

Lançamento do novo site da CPM, alinhado com a nova identidade visual da ONG

2º Planejamento Estratégico

Desenvolvido em parceria com a consultoria 3Gen, especializada na construção de estratégias para instituições do terceiro setor.


Nosso método

1 MÊS

1º fim de semana
professor a + professor b

2º fim de semana
professor C + professor D

3º fim de semana
professor E + professor F

4º fim de semana
professor G + professor H

O modelo de funcionamento da Cidadão Pró-Mundo é baseado em aulas de 3h de duração, aos finais de semana. A cada semestre, os estudantes assistem às aulas 1 vez por semana, aos sábados ou aos domingos, dependendo da Unidade de Ensino em que estudam.

Após cumprirem 10 módulos semestrais (5 anos), os alunos concluem o curso da CPM com nível B1 de proficiência em inglês (nível intermediário), o que equivale ao terceiro nível do Quadro Europeu Comum de Referências para Línguas QECR*.

Para os estudantes que, após concluírem o curso regular, tenham interesse em continuar desenvolvendo suas habilidades em relação à língua inglesa, a Cidadão Pró-Mundo oferece a opção de fazer parte do projeto CPM Qualify, um curso intensivo de 1 ano de duração que tem como objetivo preparar os alunos para fazerem a prova de certificação internacional de aferição de proficiência do sistema Cambridge, reconhecido internacionalmente como o mais importante da atualidade.

Os voluntários que atuam na ONG são capacitados através de treinamentos regulares e fazem uso de ferramentas específicas para a aplicação da continuidade das aulas, além de contar com material didático de alto nível.

Para cada turma, são designados de 4 a 8 volunteachers (voluntários professores de inglês), os quais participam de um rodízio para ministrar as aulas.

Com a aplicação desta inovadora metodologia, desenvolvida pela CPM e chamada de “Voluntariado Rotativo”, cada professor participa de 6 a 8 aulas por semestre em finais de semana previamente agendados (sábado ou domingo), e dedica em média 5h mensais para a preparação de materiais pré e pós-aula, o que permite aos voluntários conciliar a agenda entre seus compromissos pessoais e sua vontade de colaborar com o desenvolvimento da sociedade.

* Fonte: https://www.cambridgeenglish.org/br/Images/126130-cefr-diagram.pdf 

Material Didático

O material didático utilizado por professores e estudantes da Cidadão Pró-Mundo foi construído por uma equipe pedagógica especializada no ensino da língua inglesa, tendo sido preparado exclusivamente para a CPM, considerando as necessidades de aprendizado dos alunos dos diferentes níveis do curso.

Além disso, ao longo dos 5 anos do curso, nossos estudantes e professores contam com o suporte dos livros didáticos da Cambridge University Press – maior editora universitária do mundo e a mais renomada na concepção de material didático para ensino língua inglesa – parceiro que nos oferece tal material e nos ajuda a garantir o alto nível de qualidade do curso sem que haja qualquer custo para nossos estudantes e voluntários.

Todo o material de suporte a ser usado pelos professores antes, durante e depois das aulas apresenta claramente o conteúdo a ser cumprido em cada aula, para que nossos volunteachers (voluntários professores de inglês), mesmo os que não têm experiência docente, possam aplicar, sem dificuldades, o conteúdo e os exercícios necessários para o perfeito andamento das atividades em sala.

Transparência

A Associação Cidadão Pró-Mundo, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), acredita na
transparência como forma de atestar sua credibilidade para parceiros, associados, voluntários, alunos,
instituições governamentais e sociedade, razão pela qual faz questão de apresentar documentos
financeiros e institucionais que confirmam seu compromisso em construir um Brasil mais justo.