Quem somos

Com o objetivo de oferecer oportunidades de educação para jovens e adultos de comunidades carentes, a Cidadão Pró-Mundo promove a igualdade de oportunidades no Brasil por meio do ensino voluntário de inglês e da integração social. Em função de sua estrutura administrativa, operacional e de governança altamente organizadas, nos moldes dos modelos corporativos mais modernos, a Cidadão Pró-Mundo é hoje considerada a maior e mais bem estruturada ONG de ensino de inglês do Brasil.

IMG_6267

Após 20 anos de atuação e contando com uma metodologia inovadora de voluntariado e ensino, atualmente a CPM conta com cerca de 1.000 voluntários, entre professores e equipe administrativa, mobilizados para atender seus mais de 2 mil estudantes.

“O inglês é uma ferramenta de expansão das perspectivas da população, na medida em que promove o protagonismo dos cidadãos e, consequentemente, a transformação da sociedade”, comenta Duval Guimarães, presidente da CPM.

Compreendendo o valor do aprendizado de uma segunda língua como ferramenta de promoção da cidadania, a Cidadão Pró-Mundo acredita que a

educação pode transformar a realidade social do país, tarefa para a qual conta com a força de seus voluntários e parceiros engajados em relação aos valores da ONG:

Bright Eyes Somos entusiastas e pensamos grande. O brilho que carregamos nos olhos é reflexo da certeza que temos de que somos capazes de transformar a realidade e inspirar muitas pessoas.

Exchange Acreditamos que a relação entre voluntários e estudantes é uma grande troca experiências, em que todos recebem e doam, aprendem e ensinam, continuamente.

Ownership Somos todos responsáveis por tornar realidade o sonho de fazer do Brasil um país mais igualitário. Cada um de nós, e todos nós, trabalhamos para transformar a realidade e assumimos a responsabilidade de ajudar a criar os resultados que queremos ver na nossa sociedade.

Empowerment Buscamos desenvolver a autoestima e o autoconhecimento de todos os que fazem parte da Cidadão Pró-Mundo, conscientizando voluntários e estudantes do poder que têm para a transformação do outro e de si próprio.

História

O ano era 1997, quando um amigo estrangeiro de Marcos Fernandes, fundador da Cidadão Pró-Mundo, visitou a
comunidade do Capão Redondo. Vendo os jovens da região tentando se comunicar mesmo sem falar a língua do visitante,
surgiu a ideia de oferecer aulas de inglês gratuitas para moradores de áreas de periferia e pessoas em situação de vulnerabilidade.
Ao longo dos últimos 20 anos de história e atuação, temos orgulho de ter atendido cerca de 10 mil alunos, com a ajuda de 4 mil
voluntários, consolidando e expandindo nosso modelo de atuação, graças ao apelo da causa que defendemos.

1997

Primeiro contato com a comunidade do Capão Redondo, por intermédio da Ashoka, organização internacional que promove a inovação social e o empreendedorismo social. Para a surpresa dos envolvidos, os jovens se encantaram com a presença de estrangeiros na comunidade e manifestaram interesse em se comunicar. A partir daí, surgiu a ideia de utilizar o inglês como ferramenta para a promoção da igualdade de oportunidades no Brasil, ideia que começou a ser colocada em prática à medida em que foi possível reunir voluntários dispostos a ministrar aulas de inglês presenciais, na casa dos alunos.


2006

Em conjunto com o Projeto Casulo – instituição que atua oferecendo atividades socioeducativas para crianças, adolescentes, jovens e famílias das comunidades do Real Parque e Jardim Panorama – no segundo semestre de 2006 foram iniciadas as aulas da Unidade Real Parque.


2010

Fundada a Unidade João XXIII/ Butantã, em agosto de 2010.


2010

No segundo semestre de 2010, a partir de uma parceria com a Associação Comunitária Monte Azul – ONG que oferece programas de educação, assistência social, saúde e cultura em comunidades da periferia da zona sul de São Paulo-, inaugurou-se a Unidade Monte Azul. Inicialmente as aulas eram ministradas às sexta-feiras à noite e voltadas unicamente para alunos adolescentes.


2011

Em agosto de 2011, a Unidade Monte Azul passou a ministrar as aulas aos sábados e a atender também alunos adultos.


2012

No primeiro semestre de 2012 aconteceu a primeira aula na Unidade Parque dos Estados/ Bragança Paulista, a primeira unidade de ensino da CPM criada fora das capitais. A energia de alunos, voluntários e colaboradores durante a aula inaugural foi um grande marco para toda a ONG, que a partir desta data passou a atender alunos dos bairros da Planejada I, II e III, Parque dos Estados, Fraternidade, Jardim São José e Parque Brasil.


2013

Em virtude da grande demanda por aulas de inglês, em fevereiro de 2013 a a Unidade Monte Azul foi transferida para a Escola Estadual Renato Braga. Tal mudança nos permitiu ampliar ainda mais o atendimento nesta unidade de ensino, com a abertura de uma turma para alunos de 11 e 12 anos.


2014

Foi criada a Unidade Campinas, no início de 2014, no Grupo Primavera. As aulas iniciaram-se com 3 turmas para crianças de 10 a 12 anos.


2015

Em agosto de 2015, um grupo formado por 5 voluntários e pela vice-diretora da Escola Estadual Marina Cintra – localizada no bairro da Consolação, na cidade de São Paulo -, organizou um curso de inglês para a comunidade e, em seguida, apresentou o projeto à Cidadão Pró-Mundo. Reconhecendo o empenho dos voluntários, a CPM resolveu colaborar com a iniciativa provendo consultoria pedagógica e doando material didático.


2015

A Unidade São Miguel iniciou suas atividades no segundo semestre de 2015, com o intuito de atender às comunidades da Zona Leste da capital paulista. Apesar de contar com espaço limitado, a motivação dos voluntários era tamanha que já era possível perceber como o projeto seria importante para a região.


2015

Atentos ao fato de que o serviço de atendimento turístico é uma importante fonte de trabalho e renda para os moradores do entorno do Cristo Redentor, inauguramos no segundo semestre de 2015 em parceira com o Programa Rio+Social, a Associação de Moradores dos Guararapes, o Instituto Cataratas do Iguaçu e a Paineiras-Corcovado (concessionária do Parque nacional da Tijuca responsável por serviços de visitação ao Corcovado e Cristo Redentor) – a Unidade Corcovado, com o objetivo de levar o ensino de inglês para as comunidades Cerro Corá, Guararapes, Vila Cândido e Prazeres.


2016

Em abril de 2016, tendo o curso de inglês organizado pelos voluntários da Escola Estadual Marina Cintra crescido em número de voluntários e alunos, inaugurou-se oficialmente a Unidade Consolação da Cidadão Pró-Mundo, que teve início com 19 voluntários e 95 alunos.


2017

A Unidade Campinas inicia o ano em uma nova casa, a Escola Estadual 31 de Março. Ainda atuando na região do Campos dos Amarais, a unidade passa a atender a alunos das mais diversas localidades da região metropolitana da cidade de Campinas.


Nosso método

1 MÊS

1º fim de semana
professor a

2º fim de semana
professor B

3º fim de semana
professor c

4º fim de semana
professor d

O modelo de funcionamento da Cidadão Pró-Mundo é baseado em aulas de 3h de duração, aos finais de semana. Os estudantes assistem às aulas somente 1 vez por semana, aos sábados ou aos domingos, dependendo da unidade de ensino em que estudam.

Para cada turma, são designados de 4 a 8 volunteachers (voluntários professores de inglês), os quais participam de um rodízio para ministrar as aulas. Com a aplicação desta inovadora metodologia, desenvolvida pela CPM e chamada de voluntariado rotativo, cada professor dá 1 aula por mês, sozinho ou

acompanhado de outro volunteacher, dedicando em média 5h mensais para o trabalho voluntário, o que permite aos voluntários conciliar a agenda entre seus compromissos pessoais e sua vontade de colaborar com o desenvolvimento da sociedade.

Apoiado num bem-sucedido modelo pedagógico, em que os volunteachers fazem uso de ferramentas específicas para a continuidade do conteúdo das aulas, e contando com material didático de alto nível, garantimos aos estudantes a sequência ideal para o curso e ensino de alto nível de qualidade (saiba mais).

Material Didático

Todo o material didático utilizado por professores e alunos, ao longo dos 5 anos do curso oferecido pela Cidadão Pró-Mundo, é desenvolvido e cedido pela Cambridge University Press, parceiro da CPM que nos ajuda a garantir o alto nível de qualidade do curso sem que haja qualquer custo para nossos estudantes e voluntários.

Os livros dos professores apresentam claramente o programa de cada aula, para que nossos volunteachers (voluntários professores de inglês), mesmo os que não têm experiência docente, possam aplicar, sem dificuldades, o conteúdo e os exercícios necessários para o perfeito andamento das atividades em sala.

Transparência

A Associação Cidadão Pró-Mundo, Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), acredita na
transparência como forma de atestar sua credibilidade para parceiros, associados, voluntários, alunos,
instituições governamentais e sociedade, razão pela qual faz questão de apresentar documentos
financeiros e institucionais que confirmam seu compromisso em construir um Brasil mais justo.